Silvia Ferreira

Silvia sempre teve o desejo de ser mãe, porém uma endometriose impedia que seu sonho se tornasse realidade. “Desde a primeira vez que conheci meu marido, há três anos, ele falava que também queria muito ser pai. Falei que não podia engravidar, mas ele disse que iríamos procurar todos os recursos que fossem possíveis.”

Foi através da indicação de uma amiga, que o casal chegou até a Embryo. “Depois de me submeter às cirurgias, meu quadro ainda era grave e os médicos diziam que minhas chances de engravidar eram mínimas. A empatia com a clínica e a identificação com os profissionais foram decisivas para que seguíssemos em frente. Depois de tanta expectativa e ansiedade, veio a notícia que compensou todos os sacrifícios.

Quando retornei ao consultório do meu médico ginecologista e ele me viu grávida, nem acreditava. Meu filho nasceu perfeito, lindo. Não há palavras para expressar a felicidade da chegada dele. Quando você acha que já amou muito uma pessoa, você percebe que era pouco perto do amor que sente pelo seu filho. É o sentimento mais incondicional que existe.”Silvia Ferreia mãe de Guilherme, hoje com dois meses.