Você sabe como funciona o Programa de Doação de Óvulos do Embryo?

Doação de Óvulos

A doação de óvulos é uma iniciativa que traz excelentes resultados, possibilitando novas oportunidades às mulheres que teriam chances nulas de gravidez e para aquelas com pouca condição financeira para arcarem sozinhas com os custos totais do procedimento, possibilitando uma redução de até 80% do valor que seria gasto no tratamento.

Normalmente em ciclos de Fertilização In Vitro (FIV), devido ao uso de medicações para induzir a ovulação, os ovários produzem uma quantidade grande de óvulos em pacientes jovens e com boa reserva, número acima até mesmo do necessário para se ter uma chance boa de conseguir a gravidez, já que são normalmente óvulos de boa qualidade. Pela legislação do nosso país, embriões excedentes dos procedimentos de FIV precisam ser obrigatoriamente congelados, onerando ainda mais o casal e muitas vezes nem sendo utilizados no futuro, já que muitos casais atingem a gravidez na primeira tentativa e não desejam mais filhos.

Para entrar num programa de doação de óvulos o casal precisa se encaixar em pré-requisitos:

- Idade inferior a 35 anos;

- Ovários com boa reserva de óvulos;

- Exame de cariótipo normal (geneticamente saudáveis);

- Não ser portador de doenças sexualmente transmissíveis (DST);

- Ter como indicação de FIV fator masculino ou obstrução tubária;

- Não ter histórico de doença genética na família.

Caso o casal se encaixe nos critérios acima, ele poderá entrar em contato com a clínica para agendamento de uma consulta onde serão solicitados todos os exames de avaliação necessários para a aprovação como doadora. Caso a paciente se encaixe no perfil, será feito seu cadastro onde constaram algumas de suas características físicas como raça, cor dos olhos e do cabelo, origem étnica, altura, peso, tipo sanguíneo, entre outras e a mesma entrará para o nosso banco de doadoras, onde aguardará até encontrarmos uma receptora compatível com interesse em óvulos doados. Caso seja encontrada uma receptora que se encaixe no perfil e dê o aceite da paciente doadora, a mesma arcará com até 80% dos custos do tratamento da doadora, em troca de metade dos óvulos colhidos no procedimento de FIV.

As pacientes receptoras normalmente são pacientes que tem como causa da infertilidade a ausência total de óvulos por falência dos ovários ou que possuam má-qualidade dos seus óvulos, tendo como única possibilidade em engravidar a utilização de óvulos doados, que são inseminados com os espermatozoides do seu parceiro, e os embriões obtidos transferidos para seu útero, que é previamente preparado para recebê-los.

A ideia do programa é ajudar ambos casais a atingir a tão sonhada gravidez através da doação compartilhada, onde o casal com melhor condição financeira ajuda o outro, e obtêm sua chance de gravidez através dos óvulos doados.

É importante frisar que a doação de óvulos no Brasil é anônima, não sendo permitido por lei a vinculação de imagens da doadora e nem sendo revelada sua identidade ou qualquer informação que possa colocar em risco o sigilo do procedimento.

No final de 2017 o Conselho Federal de Medicina (CFM) atualizou as normas para utilização das técnicas de reprodução assistida (RA) no Brasil. Por meio da Resolução CFM nº 2.168/2017, agora pode-se fazer também a doação voluntária de óvulos, desde que a doadora seja devidamente esclarecida sobre o procedimento invasivo a que se submeterá e as possíveis consequências.

Caso seja do seu interesse participar do programa de doação do Embryo, entre em contato para maiores informações.

Contato:
E-mail: [email protected]
Telefones: (41) 3524 6461 (41) 35246462 ou (41) 32449217

Marcado , , .Adicionar aos favoritos o permalink.