Infertilidade sem causa aparente (ISCA)

Em aproximadamente 10% dos casais com dificuldades para atingir a gravidez, mesmo após uma exaustiva investigação, não se chega a nenhuma conclusão. Esta percentagem já foi maior no passado, mas atualmente, com o melhor conhecimento a respeito do funcionamento dos aparelhos reprodutores masculino e feminino, do processo de reprodução humana e com novos exames diagnósticos, muitos casais que eram classificados neste grupo, hoje já se sentem mais seguros com relação ao seu tratamento, pois se enquadram nos outros grupos, os das causas conhecidas.