Fator cervical

O fator cervical está relacionado ás alterações localizadas no colo uterino que levam à dificuldade de passagem dos espermatozóides para o interior do útero. É possível dividir as principais causas do fator cervical em infecciosas, anatômicas ou imunológicas.

As causas infecciosas como fungos, vírus ou bactérias, que podem agredir o colo uterino e desta forma comprometer a produção muco cervical.

As alterações anatômicas no colo, que podem ser congênitas ou adquiridas, também podem comprometer a produção do mudo ou alterar o caminho pelo qual os espermatozóides devem passar.

A causa imunológica é devido à formação, pelo organismo da mulher, de anticorpos contra os espermatozóides no muco cervical que, ao entrar em contato com os mesmos, levam à sua imobilização, impedindo desta forma a sua progressão através do aparelho reprodutor feminino e seu contato com o óvulo.